Em minha jornada em busca de mais conhecimentos na área de Gestão de projetos, encontrei também esta ótima aplicação feita em Ruby on Rails (Powered by FreeBSD \m/) chamada ClockingIT.

Encontrei referências sobre esse projeto inicialmente no BR-Linux e no log4dev que fizeram um bom texto introdutório sobre a plataforma.

ClockingIT funciona como uma ferramenta colaborativa online, onde você se registra no site deles e faz tudo online. Podem ser integrados ao projeto outros usuários, e todos monitorados, cada um com seus acessos, o que torna a ferramenta ainda mais produtiva.

Tanto para uso pessoal quanto para corporativo, creio que ClockingIT é uma ótima opção de graça para quem quer manter seu projeto na linha!

Anúncios

Talvez essa seja a questão mais importante hoje em dia na vida de um adm. de sistemas: Manter seus dados seguros!
E nada melhor que isso do que manter sempre seu sistema atualizado e livre de bugs, exploits e vulnerabilidades.

O sistema Ports do FreeBSD é tão prático quanto o famoso apt-get. Então de forma simples, vamos lá!

Você pode tanto deletar, quanto mover para outro lugar seu ports atual:
$ mv /usr/ports /usr/ports.orig
ou
$ rm -rf /usr/ports

Feito isso, precisamos baixar a nova árvore de diretórios. Acho que a maneira mais prática de fazer isso é rodando o Portsnap:
$ whereis portsnap
/usr/ports/ports-mgmt/portsnap
$ cd /usr/ports/ports-mgmt/portsnap
$ make install clean
$portsnap fetch extract

Ele irá baixar a árvore de diretórios mais atual do ports. Após isso vamos reconstruir o index:
$ portsdb -Uu
$ pkgdb -aF

Você pode também instalar o Portaudit para verificar os pacotes falhos no seu sistema, e em seguida o Portupgrade que é outra mão na roda para atualizar seus pacotes.
$ whereis /usr/ports/ports-mgmt/portaudit
$ cd /usr/ports/ports-mgmt/portaudit
$ make install clean
$ portaudit -Fda

O comando acima irá mostrar os pacotes que possuem algum tipo de vulnerabilidade registrada no banco do portaudit.

$ whereis portupgrade
/usr/ports/ports-mgmt/portupgrade
$ cd /usr/ports/ports-mgmt/portupgrade
$ make install clean

Para atualizar TODOS os ports instalados na sua máquina, utilize:
$ portupgrade -arR

Para ver quais ports precisam ser atualizados, utilize:
$ portversion -v

Nunca se esquecendo de que as man pages são suas melhores amigas! Pesquise antes de sair gritando por ajuda! Com certeza você irá encontrar algo pela net!

FreeBSD 7.0 Beta 4 released

dezembro 10, 2007

Está disponível o Beta 4 da nova versão do sistema operacional FreeBSD 7.0
Para fazer o download clique AQUI!

Atualizar o ports é a coisa mais fácil do mundo… só perde para a atualização do apt-get.
Para atualizá-lo instale o ports:
/usr/ports/net/cvsup-without-gui (para a versão sem o X)
$make install clean

Após isso, copie o arquivo ports-supfile para o home do root
$cp /usr/share/examples/cvsup/ports-supfile /root/

Edite o arquivo (dentro do /root) e altere a linha:

*default host=CHANGE_THIS.FreeBSD.org para *default host=cvsup.br.FreeBSD.org

após isso, execute o comando:
$cvsup -g -L 2 ports-supfile

E seu ports estará atualizado 🙂
Existem outros métodos também como portsnap, portupgrade. Quem sabe no próximo post.

O site do FreeBSD anunciou o release do Beta 3 da nova versão do sistema operacional FreeBSD, mas conforme apontou o site OS News, não há nenhum Beta 3 anunciado na agenda da equipe de desenvolvimento.

Mas fica a dica pra quem ja quiser testar sua nova versão. Esta (versão 7.0) terá inúmeras melhorias no código, e uma das principais será seu suporte total a multi-processadores, quem quiser dar uma olhada em um datasheet lançado pelos desenvolvedores pode fazer o download do arquivo aqui -> FreeBSD-7.0_preview