Pra quem não conhece, a ITWeb possui a publicação Information Week Brasil que periodicamente lança em seu site revistas digitais no formato pdf sobre o mundo da TI.
Em sua ultima publicação, a edição selecionou 80 cursos de TI para o público, nos mais diversos campos sendo pós graduação, graduação, cursos livres, MBA’s e outros.

Vale a pena conferir e ter algumas dicas de cursos para dar uma acelerada na carreira. Em março dou início a minha pós-graduação e a correria da vida de estudante novamente.

Link do pdf AQUI.

Para complementar o post, em uma das últimas edições da Você S/A, selecionaram os melhores cursos de MBA do Brasil nas mais diferentes área: dos mais caros (e bota caro nisso) aos mais acessíveis. Confira AQUI

Em um mercado cada vez mais competitivo, quem fica parado não evolui. Estagnação não é uma palavra presente no vocabulário de muitos.

Ja havia mencionado anteriormente a importância de investirmos em nós mesmos, seja do jeito que for, mas que traga resultados sólidos, tangíveis.

O Baguete.com.br fez um artigo sobre uma pesquisa da FGV onde a mesma diz que cada ano a mais de estudo pode elevar o salário em 15%. O avanço maior ocorre quando o profissional ingressa em uma pós-graduação.

Clique no link acima do Baguete para ler a notícia na íntegra.

Fiquei até feliz após ler essa notícia, principalmente por que há uma semana, eu corri atrás de uma vaga pra mim em uma pós-graduação. Vaga garantida, agora é só me preparar para as matérias que verei ano que vem para não chegar viajando.

Creio que todo profissional que preocupa-se com a carreira, com certeza preocupa-se com os estudos; seja em palestras, workshops, mini cursos ou cursos mais específicos. Mas creio que o principal seja a formação de nível superior, iniciando com uma boa faculdade, passando por uma pós-graduação, seguido de um quem sabe MBA ou doutorado/mestrado, depende de cada carreira.

A minha dica? Continue estudando. Seja visitando sites, ou nunca parando de ler livros: simplesmente não pare de agregar conhecimento, pois só assim você poderá crescer (de todas as formas).

Faz pouco mais de um mês que mudei de cidade e emprego para trabalhar em uma empresa que presta serviços de T.I., em um projeto novo, o primeiro projeto global da empresa, uau!

E desde que entrei aqui, a palavra que eu mais ouço é essa: PROJETO!

“O Projeto tal…”, “faremos o outsourcing pro projeto tal..”, “o cara do projeto X…”, e depois de muitos projetos caiu a minha ficha: O mundo gira em tornos de projetos!
Sejam eles pessoais, empresariais, financeiros, o que quer que seja, sem planejamento, as chance de algo sair errado são bem maiores (não é Murphy?)

Até aí tudo bem, se não fosse o fato de que certas ferramentas parecem prevalecer quando o assunto é esse.
Garanto que muita gente inclui em seu curriculo que conhece os famosos MS Excel e MS Power Point. Mas, o quão bem você os conhece?
Ao reparar nas pessoas trabalhando aqui nas redondezas, percebo muitas delas entucadas em suas baias, pensativos, falando de orçamentos, processos, gestões, e em muitas (muitas³) vezes, com uma janela do Excel aberta… Sim, sempre envoltos de planilhas, gráficos, desenhos, percentuais.

É uma das coisas que eu percebi que deveria aprender se quizesse ser um bom gestor: aprender a mexer no Excel, Power Point e último mas não menos importante (talvez ainda o mais importante), MS Project (claro, viva as alternativas open source!).

Mas muita gente, descrente do poder dessas ferramentas, realmente não acredita que dê pra fazer tanto com tão pouco, mas quando eu comecei a pesquisar cursos de excel e vi que os “investimentos” (pois seria pejorativo dizer “preço”) nessa área começam por volta dos R$ 1 mil reais por alguns dias de aula! (!!!).

Resta agora tempo e disposição para estudar, aprender novas ferramentas e novas funcionalidades desses velhos conhecidos, que muita gente instala, mas espera nunca ter que usar…