EarthDance – 13/09/2008

agosto 22, 2008

Povo do meu Brasil, como ninguém é de ferro, venho aqui divulgar o trabalho de vários amigos tentando fazer com que aconteça uma das melhores festas do gênero: a Earthdance!. Abaixo, vou colar um texto divulgado por eles para a festa.

Earthdance

Earthdance

A Earthdance convoca todos os amantes de psytrance para se unirem em um ritual de música, dança e muita psicodelia pela paz e pelo meio ambiente no maior evento sincronizado de música eletrônica em todo o mundo.

Todos os anos a Earthdance reúne cerca de 200.000 pessoas em mais de 300 cidades por 60 países do mundo, com o objetivo de promover a paz e custear causas humanitárias e ambientais. Todos juntos, na mesma vibração e por um mesmo ideal.

Em São Paulo, a Earthdance prepara uma festa especial. Queremos mostrar ao público que as ferramentas para uma mudança de atitudes estão muito perto de nossas mãos. E mostrar para a opinião pública que as festas de música eletrônica podem produzir algo de positivo e real, para depois devolvê-lo como presente à sociedade.

Portanto, a edição paulistana terá seu foco de trabalho na CONSCIÊNCIA AMBIENTAL – em parceria com a ONG Instituto Vidágua, cada convite vendido custeará a produção de 2 mudas de árvore para uso em programas de reflorestamento da Mata Atlântica.

Participe ativamente dessa festa. Juntos podemos fazer um mundo melhor para as nossas gerações futuras.

Não há crise de energia, crise de fome ou crise ambiental.
Só há uma crise… a de ignorância.
Pense global, aja local.

Contamos com o apóio de todos na conscientização do tema da festa! Venha preparado para uma celebração de paz global. O ritual das 20:00h com a “Prayer for peace” com certeza vai tocar muitas pessoas, como foi o ano passado!

Anúncios

We are One!

maio 16, 2008

Para quem gosta dos lançamentos da dupla Brisker & Magitman com certeza gostará do novo album.

Seu novo CD se chama Just Another Day e contém 10 faixas de uma mistura de progressive house e electro.

Sinceramente me sinto um pouco decepcionado com essa tal “evolução” musical, pois tende mais ao lado comercial do que propriamente evolutivo…
Não tenho acompanhado os lançamentos musicais como antes, e não estou por dentro do que rola em electro, progressive house, trance e por ai vai.. raramente tenho procurado coisa nova para baixar, mas desde a última vez que vi, vários artistas do lado do house estavam tendendo para o electro. Talvez isso tenha diminuido, mas ainda sim influenciou este CD da dupla.

Quem viu eles pela primeira vez ano passado na festa da Kaballah (kallamah) em Campinas sabe como foi. Eu estava esperando uma apresentação fantástica cheia de progressive house, como havia sido lançado no CD, mas ao vivo foi bem mais electro. Agora eles incorporaram de vez ao CD (talvez tenham feito antes, não acompanhei os lançamentos deles).

Apesar de tender para o electro, as músicas de Brisker and Magitman não deixam por menos, e fazem qualquer um se mexer na pista 😀

Novidades do Boom 2008

fevereiro 14, 2008

Quem assina o newsletter do Boom Festival está sabendo a quantas anda a preparação do maior festival de cultura e arte alternativa do mundo. Ao mesmo tempo em que estão correndo pra aprontar tudo, o Boom Festival lançou o Boom Book, que fala tudo sobre o festival desde seu início em 1997, com fotos e textos de sua história.

Foi lançado também o “We are One” Boom DVD, que é um documentário sobre a vida do Boom, em sua maior parte retratando a última edição do festival em 2006. Mal posso esperar pra conseguir um desses 😀

Não deixem de visitar o site do festival pois a cada ano fica mais bem feito, cheio de idéias novas. E para quem vai, boa viagem!

BOOM!!

O site Raves.com.br fez um pequeno documentário sobre as festas raves nos dias de hoje, com entrevistas, cenas de festas e várias opiniões sobre o assunto.
Pra mim parece que focaram mais na parte em mostrar o por que tantas pessoas freqüentam as festas, o por que do crescimento e em certas parte poderiam mostrar mais a realidade nua e crua. Detalhe que o vídeo quase todo tem cenas do DVD XXX Ed. Especial de 2004.

Para quem quiser ver o vídeo acesse: http://www.raves.com.br/?acao=tv&id=22.

Muita gente hoje em dia se pergunta o que está acontecendo com as festas… por que tomaram esse rumo…
E grande parte da resposta pra essas questões se encontra no próprio público freqüentador das festas. Não vou citar nomes aqui, pois estamos mais que cansados de ver a mesma ladainha sempre. Festa não é somente bar e pista com som forte!
O conceito de psicodelia muda de pessoa para pessoa. Na minha opinião, a psicodelia está nos olhos de quem vê! O que pra mim é diferente, é bom, é ruim, é estranho, é psicodélico, para outra pessoa pode ser outra coisa diferente, por isso volta a velha discussão: gosto não se discute.
O que não entendo é como tem muita gente por ai que adora reclamar sobre as festas, que falta isso e aquilo, mas que ainda continuam dando dinheiro para organizações que fazem cada vez mais festas sem conteúdo, sem respeito ao público!
Esse ano foi recheado de festas boas, festas onde você via o conceito de psicodelia sendo aplicado, que você via que as pessoas dançavam com um propósito!
A festa que aconteceu no dia 24 de novembro não foi diferente! Para quem ja teve o prazer de conferir de perto uma celebração com Goa Gil, sabe do que estou falando. Não é uma festa para qualquer um; sempre existem aquelas pessoas que em um sábado a noite, não tem o que fazer e vão pra alguma festa. Pois se existiu alguma pessoa com esse intuito, creio que ela se decepcionou ao encontrar um dance floor recheado de dark psychedelic, e um “vovô” muito louco resgatando a verdadeira cultura trance ao sons de tambores tribais e bem acelerados!
Definir uma festa do Goa Gil é difícil. Como explicar sensações em meras palavras? O problema maior é que por mais que tente, nem todo mundo irá entender, pois existem certas coisas que somente vendo (nesse caso, ouvindo) para crer!
Podemos comparar Goa Gil a um meteoro, que de tempo em tempo volta a Terra para causar um grande estrago. O primeiro estrago foi em 2002, onde plantou uma semente que continua a crescer até hoje. Em 2005 foi a primeira vez que o vi, e desde então não sou a mesma pessoa. Dessa vez não foi diferente, e só quem estava la pode entender o que estou falando.
Quando será a próxima vez não sei, mas espero estar vivo para sentir na pele novamente o melhor ritual tribal da cultura trance que existe na terra!

No ultimo final de semana aconteceu a XXXperience Edição Especial….. (sem muito o que falar)
Confesso que já fui em uma edição dessas, em 2004 , se não me engano na fazenda maeda mesmo… sei que não sou tão velho assim na cena eletrônica para falar o seguinte, mas, naquela época as festas não costumavam ter SEMPRE mais de 10mil pessoas.. existiam festas grandes sim, mas hoje em dia isso se tornou um hábito (muito ruim por sinal). Aquela XXX beirou as 20mil pessoas… então imagina essa última!

Não tinha visto nenhuma foto da festa a não ser algumas publicadas em alguns flogs. Agora pouco vi que o Psyte publicou um vídeo “review” de como foi a XXX, e algumas coisas vieram na minha cabeça:

Tem gente que não aprende!: Ninguém se lembra como foi a Tribe lama em 2005? Milhares de carros atolados, sound system que mais parecia um aquário de tanta água dentro, lineup zuado… sim eu fui nessa festa, mas somente por alguns artistas.. e ja esperava a chuva, só não esperava tanta! Após isso aprendi a minha lição. E agora eu ja vi muita gente reclamando dessa edição da XXX, MAS, havia previsão de chuva, um lineup NADA inovador e fora os milhares de convites vendidos…. que causa a superlotação…

Como?!: Com tantas opções por aí, como alguém pode ir num lugar desses e dizer que se divertiu? Viram o vídeo? Viram o sufoco? Alguém que vai sozinho nesse lugar não pode dizer que gostou! APA!!! Só tendo amigos para conseguir passar o tempo…

Chacotas chacotas!!: Detalhe especial pro tempo de apresentação do Skazi no vídeo… e a cara do povo vendo (sem contar o comentário do cara durante o discurso do Sr. Asher).

Não entendo ainda como tem gente que não sabe selecionar as festas…. devem ter uma boa conta bancária, por que pra bancar tudo isso… haja di$po$ição!
Pra quem tem um pouco de discernimento, dia 24 vai ter uma festa mais interessante: www.goagil.art.br 🙂