Parece que a crise está pegando todo mundo de jeito mesmo. Com toda essa falta de crédito e blablabla, muitas empresas começam a sentir o efeito, e uma das principais medidas nessas horas, é cortar os custos.

A AMD diz que vai demitir 500 funcionários, e no começo do ano a empresa ja havia tido um corte de 1,6mil funcionários. A LinkedIn, que está ganhando cada vez mais espaço na área das mídias sociais com seu espaço voltado ao profissional online, vai demitir 36 funcionários, como parte de uma reestruturação interna.

A Nokia também entra na dança e vai demitir cerca de 600 funcionários.

Todos esses cortes para essas empresas significam redução em custos, gastos, orçamentos e muito mais. Quem sofre com isso é o funcionário, claro. No meio dessa lambança que está o mercado mundial, sai ganhando quem está estável e está conseguindo se manter.

Anúncios

Yammer: o twitter corporativo

setembro 12, 2008

não tanto tempos atrás, surgia o Twitter (siga-me!), e eu me perguntava “pra que que isso serve?”. O que eu não conseguia enxergar era seu potencial como uma ferramenta capaz de integrar pessoas e fazer uma comunicação simples e direta através de mensagens de até 140 caracteres. Sob o slogan “What are you doing?“, o usuário poderia enviar mensagens de qualquer tipo, desde o nível “miguxeitor” até coberturas em tempo reais de eventos, noticiar fatos, já que é possível enviar mensagens de praticamente qualquer lugar, desde que você tenha acesso a internet.

Tempos após o lançamento dessa ferramenta, surgiu outra, mais precisamente no dia 10 de setembro. A empresa criadora do Yammer, a Geni, ganhou o concurso TechCrunch50 que reuniu milhares de startups poderosos de empresas grandes ou não, para apresentações de 8 minutos. O prêmio ao grande vencedor, o Yammer, foi de US$50,000.00 ! Para saber mais dos outros ganhadores acesse aqui.

Yammer

Yammer

O Yammer surgiu da premissa “What are you working on?” ou em bom português “No que você está trabalhando?“. É uma ferramenta também de micro-blogging, mas voltada para o mundo corporativo. Para começar a utilizar, o usuário deve se registrar utilizando um email corporativo válido, pois a rede de usuários dessa empresa será baseada no domínio que foi utilizado no email. Por exemplo, ao cadastrar rafaeldw@rafaeldw.com, criar-se-á a empresa rafaeldw.com.

Dentre as várias funcionalidades que um microblogging como o Yammer já possui, existe o fato de haver uma melhor comunicação entre pessoas da mesma empresa; o alinhamento de todos de um mesmo projeto através de mensagens curtas e simples; envolvimento do cliente na discussão e deixá-lo a par de modificações/atualizações e muitos outros benefícios.

O serviço é gratuito. Empresas/usuários que gostariam de ter privilégios de administrador para melhor gerenciar seus grupos, devem pagar 1 dólar por cada membro do grupo a ser registrado.

Assim como no Twitter, o Yammer também possui uma ferramenta desktop. Basta baixá-la aqui. (requer Adobe Air)

Yoga pela Paz 2008

agosto 25, 2008

Já faz alguns dias que aconteceu o Yoga pela Paz 2008. Durante os dias 15, 16 e 17 de agosto, os frequentadores puderam desfrutar de uma celebração de Paz, workshops, shows e práticas de yoga conduzidas pela professora Regina Shakti.

Não pude ir no ano passado, mas este ano estive no último dia da celebração, 17 de agosto, que aconteceu no Ibirapuera na Praça da Paz. Milhares de pessoas se reuniram em frente a um palco enorme que abrigou o show da banda Nada Prem. Canto de mantras por dois Swamis (que não me recordo o nome, e mesmo que lembrasse, não saberia escrevê-lo aqui, hehe), prática de yoga e meditação induzida pela Regina Shakti, e por último, mas não menos importante, show com o Krishna Das.

Algumas das fotos que tirei estão no meu Flickr, e outras fotos a organização do evento publicou no próprio site do Yoga pela Paz, junto com alguns vídeos também.

Quem não pode ir esse ano espero que tente ano que vem, pois é uma celebração linda, que todos deveriam vivenciar uma vez pelo menos.

O site da ComputerWorld lançou a primeira parte de uma lista de 60 softwares OpenSource, feita peita pela Infoworld (publicação irmã da computerworld segundo o site da mesma).

Dentro da lista estão vários já conhecidos de guerra como o Nagios ou o dotProject e vários outros que com certeza serão muito úteis para as áreas de Colaboração, Desenvolvimento, Aplicações Corporativas e Redes.

O link para a lista é ESTE.

Fonte: http://computerworld.uol.com.br

Brasil il il il il!

agosto 13, 2008

olé!

olé!

Apoiando a comunidade blogueira do país, vamos ajudar nossa seleção entrando no site argentino Ole e votando na enquete “Quem irá ganhar a medalha de ouro”.

Full Body Games

Full Body Games

Está acontecendo neste mês de agosto o FILE 2008 na galeria de arte do SESI na Avenida Paulista em São Paulo.

O evento reúne o que há de mais inovador na área de tecnologia multimídia e tudo mais como jogos, interação com o usuário, com objetos ao redor dele, voz, imagem e sons.
Existem várias sessões onde o visitante pode interagir com os programas, jogar jogos, e descobrir infinitas possibilidades do mundo eletrônico. Criar músicas tocando plantas, sons de água ao caminhar sobre um tapete iluminado por um projetor e alguns sensores, brincar com borboletas atrás de um pano pano e quase transparente (esse último da um efeito 3D muito legal para quem está vendo).

O meu favorito foi o Full Body Games. São vários tipos de jogos onde o participante escolhe um deles, tudo através de sensores de movimentos, que projetam uma imagem da pessoa na parede em frente, em forma de pixels gigantes. Cada jogo com uma finalidade diferente: esquivar-se de blocos, chutar, pegar…

Uma outra novidade do FILE 2008 é a projeção de filmes (14) na tecnologia 4k: são 8 milhões de pixels por frame que criam imagens gigantes de alta definição (daí o nome “FILE 2008000000 milhões de pixels). Esses filmes tem agendas pré-definidas com horários estipulados para os filmes.. basta se informar no SESI para se programar.

O evento vai até 31 de agosto. Quem está ai sem fazer nada vale a pena conferir e perder um bom tempo vendo essas inovações que para alguns, não tem sentido, mas logo logo vão revolucionar o mercado mundial com tecnologias “simples” que serão incorporadas ao dia a dia de muitas pessoas.

Vamos nos juntar ao maior viral dos últimos dias e repassar a notícia.
Para você, pobre mortal que não pode ir até São Francisco conferir de perto a apresentação do sr. Steve Jobs, está disponível no site da Apple o video da mesma.
Para ver, basta acessar aqui. (prepare-se para quase duas horas de falatório).