Eu sempre busco fazer uma introdução mais organizada, bonita, de fato, uma introdução. Mas dessa vez serei mais direto no assunto que propus no título: e o twitter? pra que que serve?

De fato, quando o serviço foi lançado, fui muito cético e não aderi. Simplesmente não via o objetivo dele. Passado um bom tempo após seu lançamento, resolvi aderir graças ao fore.

Desde então admito que vi sim muita utilidade nesta ferramenta de micro-blogging, justamente por causa desse termo: micro-blogging.

Mas passado o hype todo que talvez eu mesmo tenha criado ao redor do twitter, passei a me perguntar sobre o real uso dele. Tentando ser o mais seletivo possível na hora de seguir alguém, e não sair clicando em qualquer um, tentei seguir pessoas que realmente agregassem algo ao meu dia a dia – afinal de contas, é um micro-blogging, quero pessoas que tenham algo a contar e que eu realmente me interesse.

Ainda sim, vejo pessoas que utilizam o twitter como bem entendem. É um direito delas, mas, no meio dessa confusão toda de twitts, será que tem algum objetivo real uma pessoa “twittar” da cozinha, do onibus, do quarto, sobre justamente aquilo que você esperava não ler? Talvez tenha sido um pouco confuso, mas quero ser o mais abrangente possível, e não dar exemplos específicos.

O que quero dizer, é que ao pensar em uma ferramenta de micro-blogging, eu espero ver micro-blogs reais. Informações úteis que agreguem valor ao meu dia a dia como seguidor de uma pessoa.

Gostei muito do BrainCastTV que assisti agora pouco com o @cmerigo, @marcelotas e o @crisdias, que fala justamente disso tudo que comentei, onde o Marcelo Tas mostra a utilidade do twitter na vida online dele, onde existem pessoas que tem opiniões válidas, úteis, informações que tragam algo de bom ao serem lidas.

Confesso que eu mesmo ja enviei muitos twitts que não devem ter servido para nada, mas entre ter 255 updates e alguns deles serem completamente inúteis ou ter 5000 updates e uma proporção de inutilidade maior.. prefiro continuar na minha proporção.


Dentro de uma empresa é imprescindível que todos departamentos e seus funcionários trabalhem alinhados com uma mesma meta! Seja ela a benefício da empresa ou de um projeto específico. Mas o que é importante é que todos sejam iguais, e que um possa ajudar o outro certo?

Talvez não seja isso que o pessoal do vídeo abaixo pense. Um momento de descontração aqui no blog para o pessoal de TI e vendas.

Fiquei um tempo alocado em um andar dentro da minha empresa perto do pessoal de IT Services e digo “ainda bem que isso aí não aconteceu!”. Acho que para chegar nesse nível é preciso muito problema, e com certeza é disso que as empresas fogem! Sem mais delongas, assista o vídeo que rende boas risadas!

Em um mercado cada vez mais competitivo, quem fica parado não evolui. Estagnação não é uma palavra presente no vocabulário de muitos.

Ja havia mencionado anteriormente a importância de investirmos em nós mesmos, seja do jeito que for, mas que traga resultados sólidos, tangíveis.

O Baguete.com.br fez um artigo sobre uma pesquisa da FGV onde a mesma diz que cada ano a mais de estudo pode elevar o salário em 15%. O avanço maior ocorre quando o profissional ingressa em uma pós-graduação.

Clique no link acima do Baguete para ler a notícia na íntegra.

Fiquei até feliz após ler essa notícia, principalmente por que há uma semana, eu corri atrás de uma vaga pra mim em uma pós-graduação. Vaga garantida, agora é só me preparar para as matérias que verei ano que vem para não chegar viajando.

Creio que todo profissional que preocupa-se com a carreira, com certeza preocupa-se com os estudos; seja em palestras, workshops, mini cursos ou cursos mais específicos. Mas creio que o principal seja a formação de nível superior, iniciando com uma boa faculdade, passando por uma pós-graduação, seguido de um quem sabe MBA ou doutorado/mestrado, depende de cada carreira.

A minha dica? Continue estudando. Seja visitando sites, ou nunca parando de ler livros: simplesmente não pare de agregar conhecimento, pois só assim você poderá crescer (de todas as formas).

Já falei em posts antigos sobre a importância que a empresa deve dar ao cliente, e também aos seus funcionários. Imaginem só se não existisse essa sinergia entre Empresa – cliente – funcionários; seria um caos!

Ops… eu acho que já é!

Óbvio que sempre existem exceções, caso contrário, não existiriam empresas hoje em dia! E o que tenho mais visto ultimamente, são empresas investindo pesado em capacitação profissional de seus empregados, pois esse é um caminho que oferece inúmeras vantagens tanto para o lado de quem contrata quanto para o contratado. Alinhar todos na mesma direção, em busca de resultados iguais e sólidos, tangíveis.

Mas ainda existem pessoas que não pensam assim. Como eu acho que é o caso das operadores de celular de nosso país. Ok, vou tirar do plural e colocar no singular, pois a minha experiência ruim foi com a Claro, mas aposto que muita gente me apoiaria em dizer que as outras existentes no mercado nacional não ficam tão longe.

No dia 16 de agosto de 2008, adiquiri o Plano Estilo 40 e o plano de dados de 10MB na loja própria da Claro no shopping Center Norte, em São Paulo…. ao menos era o que pensava!

Após quase uma hora esperando pra ser atendido, e quase duas horas vendo planos, benefícios, preços, eu e minha namorada havíamos escolhido o que queríamos; e o que eu escolhi foram esses dois. Exceto pelo detalhe: eu não re-li o contrato que me entregaram no fim da compra. Mesmo a atendente tendo me confirmado que havia incluído o plano de 40 minutos e o de 10MB.

Saí de lá confiante; passei o mês de setembro utilizando a conexão GPRS do meu motorola, feliz que podia twittar de qualquer lugar, ou ver notícias a qualquer instante. Foi quando veio a bomba… Essa semana chegou a minha conta de telefone… até aí tudo normal, exceto pela parte de “Acesso a Internet”: quase 30 reais por míseros 3.5MB de utilização! E sabe quanto custa o megabyte utilizado sem um plano de dados? 9 reais!

Foi quando liguei na Central de Atendimento da Claro para reclamar do serviço que não foi incluso no meu contrato, que para minha surpresa quando fui pegá-lo, não estava la o serviço de 10MB. Para minha sorte, a atendente da primeira ligação foi atenciosa, e anotou minha reclamação, que me acalmou um pouco. Porém, no dia seguinte me ligaram da Claro novamente a respeito dessa reclamação para tentar esclarecer tudo.

Não vou entrar em detalhes de tudo, somente o relevante: a atendente não queria me dar o respaldo que precisava para aprovar a minha reclamação por que não basta somente eu dizer “foi erro deles” e eles acreditariam…. OK, isso você tem razão eu disse, foi quando eu pedi uma forma de entrar em contato com a loja onde comprei o telefone.. e ela me disse que nenhuma loja própria da Claro possui forma de contato, afinal imagine se todo mundo resolve ligar na loja ela me disse. Oh….

Após um bom bate boca (todo atendente de Central de Serviços perde a paciência com o cliente?), e insistir muito pra ela abrir uma reclamação em meu nome sobre essa política da Claro de não fornecer uma forma de contato nas lojas, disse “Obrigado por não me ajudar, irei na loja amanhã falar com eles”.

No dia seguinte, fui a loja, esperei cerca de 40 minutos para ser atendido. Expliquei o problema para o atendente que me disse que a pessoa que me atendeu naquele dia chegaria só as 14horas (faltava ainda uns 20 minutos), enquanto isso ele anotava as minhas reclamações, dando aquelas respostas de atendentes que nunca olham na cara e só concordam com o que você fala… e pior, respostas do tipo “eu acho que vão entrar em contato com você”….. Como assim “eu acho“?? Se o cara que me atende não sabe dar essas informações, quem saberá?

Mesmo após a outra atendente chegar (e o cara ter tido uma conversa com ela particular antes de vir conversar comigo), ele (o primeiro atendente) insistia na história de que já estava finalizado, e foi encaminhado para a claro e agora o setor financeiro ou sei la quem iria resolver e entrar em contato comigo.

Resultado: extorno do valor concedido. Minha conta foi reajustada e o plano inserido na minha conta.

Mas precisava de tudo isso?

Que tipo de política é essa que limita o cliente entrar em contato com a empresa que fornece o serviço? Que tira o direito do cliente de reclamar? Eu moro eu Barueri… pra chegar no Center Norte eu tenho que atravessar parte da Castelo Branco e a marginal Tietê inteira! Só quem mora em SP sabe como é isso. Fora os possíveis pepinos: se eu chegasse na loja e fosse folga da mulher? Ou ela não trabalhasse mais lá? Tudo isso poderia ser evitado se eu pudesse simplesmente ligar ou mandar um email diretamente pra loja.

No mesmo dia passei em uma loja própria da Vivo no shopping, e perguntei sobre isso: me disseram a mesma coisa! Somente pela central de atendimento, nunca pela loja!

….

Fica aqui a minha indignação com esse tipo de serviço prestado pelas operadoras de nosso Brasil-il-il. Infelizmente temos que viver com isso. Temos que conviver também com o abuso de “impostos” impostos pelas operadoras….. afinal, temos o iPhone mais caro da América Latina!

Faz uma semana e 1 dia que fiz a aquisição de um sonho de consumo.. talvez o mesmo sonho de muitos!

Caixa feia

Caixa feia

Foi um sacrifício para conseguí-lo.. por que o cartão não passava, ai tinha que pegar outro, e passar outro e outro… no total foram 4 diferentes.

Caixa bonita

Caixa bonita

Até assustei quando o vendedor me deu aquela caixa feia.. só com um adesivo da apple, e eu perguntei “Cade a outra caixa?” , e ele me disse “Aqui dentro, ta aqui sim!”. Poxa, afinal, o mais bonito de tudo é a caixa deles!

Caixa bonita....

Caixa bonita....

inside..

inside..

Uma das coisas que mais gostei e ja tinha visto antes em outros blogs, é a simplicidade da Apple em seus produtos… ja penso se fosse assim?

Everything....

Everything....

Não poderia estar mais feliz com a aquisição. Até agora o único problema que tive foi na hora de transferir essas fotos que estavam no meu celular (a1200) pro mac, e não transferia… travou :(. Tive que retirar o cabo e fazer uma gambiarra com o dropbox no notebook da minha namorada.

Minha recomendação? Mac funciona sim! Compre! mas não caia de paraquedas. É um sistema que veio da família Unix, que tem suas pegadinhas e peculiaridades, então estude um pouquinho antes de se aventurar para não ficar estressado e decepcionado.

Mac OS X!

Mac OS X!

Poderia ficar falando muitas coisas sobre o sistema e o hardware em si… mas estou sem criatividade no momento. Prometo voltar com os posts sobre TI e assuntos relacionados. Estou com várias idéias pra por aqui, mas o trampo ultimamente tem tomado mais tempo, e cuidar da casa também não é fácil. Estou aprendendo a lidar com tudo junto.

ps: As fotos ficaram feias por causa da câmera do a1200. E essa sombra preta nele é parte da lente dele que se deslocou 😦

Yammer: o twitter corporativo

setembro 12, 2008

não tanto tempos atrás, surgia o Twitter (siga-me!), e eu me perguntava “pra que que isso serve?”. O que eu não conseguia enxergar era seu potencial como uma ferramenta capaz de integrar pessoas e fazer uma comunicação simples e direta através de mensagens de até 140 caracteres. Sob o slogan “What are you doing?“, o usuário poderia enviar mensagens de qualquer tipo, desde o nível “miguxeitor” até coberturas em tempo reais de eventos, noticiar fatos, já que é possível enviar mensagens de praticamente qualquer lugar, desde que você tenha acesso a internet.

Tempos após o lançamento dessa ferramenta, surgiu outra, mais precisamente no dia 10 de setembro. A empresa criadora do Yammer, a Geni, ganhou o concurso TechCrunch50 que reuniu milhares de startups poderosos de empresas grandes ou não, para apresentações de 8 minutos. O prêmio ao grande vencedor, o Yammer, foi de US$50,000.00 ! Para saber mais dos outros ganhadores acesse aqui.

Yammer

Yammer

O Yammer surgiu da premissa “What are you working on?” ou em bom português “No que você está trabalhando?“. É uma ferramenta também de micro-blogging, mas voltada para o mundo corporativo. Para começar a utilizar, o usuário deve se registrar utilizando um email corporativo válido, pois a rede de usuários dessa empresa será baseada no domínio que foi utilizado no email. Por exemplo, ao cadastrar rafaeldw@rafaeldw.com, criar-se-á a empresa rafaeldw.com.

Dentre as várias funcionalidades que um microblogging como o Yammer já possui, existe o fato de haver uma melhor comunicação entre pessoas da mesma empresa; o alinhamento de todos de um mesmo projeto através de mensagens curtas e simples; envolvimento do cliente na discussão e deixá-lo a par de modificações/atualizações e muitos outros benefícios.

O serviço é gratuito. Empresas/usuários que gostariam de ter privilégios de administrador para melhor gerenciar seus grupos, devem pagar 1 dólar por cada membro do grupo a ser registrado.

Assim como no Twitter, o Yammer também possui uma ferramenta desktop. Basta baixá-la aqui. (requer Adobe Air)

Em abril desse ano, eu havia escrito um post sobre o Dropbox, que é mais um serviço de storage online. Mas o que me agradou neste serviço foi o fato de ser mais simples que os demais…

Há a possibilidade de instalar o software na sua máquina. Após instalado, ele abrirá uma janela como se fosse do próprio Windows, mas tudo que você arrastar/copiar/mover para essa janela, automaticamente será guardado online também! Ou seja, chega de ter que ficar fazendo login em site, upload do arquivo no site, e aguardar o OK.

No painel de configuração dentro do Dropbox, você pode adicionar máquinas onde esteja instalado o software, para melhor gerenciá-las. O serviço disponibiliza 2GB de espaço por usuário.

Se quiser ver um vídeo ou um tour de como ele funciona, acesse o site do programa. Se alguém se interessou e gostaria de utilizá-lo, ainda tenho alguns convites disponíveis, mandem um email para rafaeldw@gmail.com mencionando esse post e o dropbox que enviarei o convite.

Update 12/09/2008: Não é mais necessário o código/invite para utilizar o Dropbox, basta fazer o registro no site. Leiam mais aqui.