Como disse no post anterior, tentei pela segunda vez aplicar o firmware 200.21.118 – e com sucesso!

Simplesmente removi o cartão de memória, e fiz um hard reset no celular, digitando *#7370#. O celular vai perguntar se deseja apagar todos os dados e resetar as configurações do celular, e logo após apertar “Sim”, ele pede um código (tipo PIN number), que me esqueci o que é esse número exatamente, mas é “12345”.

Feito isso, o celular reiniciou todo default, tudo zerado. Iniciei o PC Suite, reinstalei o suporte do programa no celular e iniciei o NSU. O software detectou a minha versão de firmware, que ja era a mais atual mas perguntou se gostaria de reinstalá-lo. Reinstalei sem problemas, o celular reiniciou e agora sim o celular aparenta estar com melhoras. O detalhe nesse procedimento foi que na hora de restaurar o backup, eu não selecionei a opção de user files phone/memory card e configurações antigas, ou seja, meu celular esta zerado mesmo (a não ser por alguns programas que estavam dentro do memory card que ele automaticamente instalou quando inseri de volta (pelo menos não terei que reinstalar o Garmin XT tudo de novo, ja está funcionando sem problemas).

Bom é isso. Quem estava na dúvida de fazer esse procedimento pode ir sem problemas, a dica é faça sua pesquisa antes de sair clicando e instalando qualquer coisa.

Abraços!

Faz tempo que ensaio escrever posts nesse blog. Ultimamente falta tempo para tudo, e uma das maiores desmotivações para escrever aqui, é a falta de uma internet boa e confiável em casa. Meu conselho: não utilizem o modem 3G da Claro na região de Barueri, pois não presta!

Bom, com esse post espero poder ajudar quem está com medo/receio/dúvidas sobre fazer um firmware upgrade no celular Nokia E71 – mais especificamente com esses detalhes:

Nokia E71-3 (278.03)
RM-407
08-06-2008
100.07.76

Essas são as informações que você vai receber se digitar *#0000# no teclado do E71 (não necessariamente nessa ordem que escrevi).

Tinha muita vontade de atualizar o firmware do meu celular devido a vários detalhes que me importunavam, mas não sabia ao certo se estavam relacionados a firmware, como por exemplo, mail for exchange as vezes funcionava; Nokia mail NUNCA funcionava, programas como Fring e Nimbuzz NUNCA funcionavam. No mínimo estranho, mas queria matar essa dúvida.

Meu E71 comprei em uma loja Fast Shop, pré pago da Vivo, levei na Vivo e foi desbloqueado e atualmente uso Claro.

Fiz uma pesquisa antes sobre o assunto e segui o Tutorial do Carlos Morimoto. É um tutorial super detalhado e preciso, segui tudo a risca e tudo funcionou, exceto por alguns detalhes, que são os motivos de eu estar aqui escrevendo esse post.

Antes de tudo, fiz todos os backups possíveis de memory card: manualmente e via Nokia PC Suite. Ao começar o procedimento, eu não me atentei ao detalhe do nível de bateria do celular – não repita esse erro! Por que? Pelo seguinte…

Tudo corria muito bem na mudança de product code e atualização via Nokia Software Updater (NSU), mas no fim da atualização, ao invés de receber uma mensagem bonita como “Firmware successfully upgrade”, fui presenteado com uma mensagem do tipo “Firmware upgrade failed!” e um grande X vermelho. Com o susto do momento, fui verificar o celular (após finalizar o NSU), e para minha surpresa, ele não respondia a nada!

Tirei o cabo e tentei de todas as formas ligá-lo: pelo botão e por hard reset pressionando as teclas, mas não funcionava, foi aí que apelei para remover a bateria e colocá-la novamente. E deu certo! Logo após colocá-la de volta, o celular ligou, e estava com o surto de amnésia. Selecionei as opções e o celular iniciou, nisso fui verificar o firmware, e para minha surpresa, la estava ele: 110.07.126!

Feliz e nada satisfeito, fui tentar a parte 2: atualizar para a versão 200.21.118. Repeti todo o processo do inicio e quando fui iniciar o NSU, surpresa: sem bateria suficiente. Nem mesmo com o cabo de bateria plugado, o NSU permitia o upgrade. Desisti… em casa deixei o celular carregando a bateria a noite toda, e hoje repeti o processo todo.

Backup, product code, NSU e tcham! esqueci de remover o cartão de memória! Para tudo! Cliquei em “cancelar” enquanto o NSU mostrava a mensagem “Downloading 0.5 of 100.xMB” (não me lembro o tamanho do firmware) – BAAAAD move!. Só aí parei para pensar nas consequencias de meus atos: deveria ter concluído e arriscado perder as coisas do cartão, afinal, eu tinha backup.

Mas para minha surpresa, tudo estava funcionando. Retirei o cartão e la fui eu novamente. Alguns míseros minutos depois, e sem mais nem menos, recebi a mensagem de sucesso! Mas foi rápido demais… mas mesmo assim, verificando o firmware no celular, ele mostra “200.21.118”.

Estou muito cético quanto a essa ultima atualização, e principalmente depois de restaurar o backup completo para o celular, ainda não consegui perceber diferenças na versão e no aparelho. Amanhã tentarei o processo novamente após realizar um hard reset no aparelho e tentar re-instalar a versão atual (após uma procura, vi que isso é possível, mas só irei confirmar amanhã, quando voltarei para atualizar essa jornada).

Bom, era isso que gostaria de compartilhar. Atualizações de firmware de qualquer aparelho é sempre uma coisa arriscada. Algumas mais que outras, o NSU por exemplo facilita tudo. O novo Nokia 5800 por exemplo traz a opção de atualizar OTA (over the air), com um menu direto do aparelho.

Se alguém tiver alguma dica/contribuição/aviso, por favor comente!

abraços!

Pra quem não conhece, a ITWeb possui a publicação Information Week Brasil que periodicamente lança em seu site revistas digitais no formato pdf sobre o mundo da TI.
Em sua ultima publicação, a edição selecionou 80 cursos de TI para o público, nos mais diversos campos sendo pós graduação, graduação, cursos livres, MBA’s e outros.

Vale a pena conferir e ter algumas dicas de cursos para dar uma acelerada na carreira. Em março dou início a minha pós-graduação e a correria da vida de estudante novamente.

Link do pdf AQUI.

Para complementar o post, em uma das últimas edições da Você S/A, selecionaram os melhores cursos de MBA do Brasil nas mais diferentes área: dos mais caros (e bota caro nisso) aos mais acessíveis. Confira AQUI

Parece que a crise está pegando todo mundo de jeito mesmo. Com toda essa falta de crédito e blablabla, muitas empresas começam a sentir o efeito, e uma das principais medidas nessas horas, é cortar os custos.

A AMD diz que vai demitir 500 funcionários, e no começo do ano a empresa ja havia tido um corte de 1,6mil funcionários. A LinkedIn, que está ganhando cada vez mais espaço na área das mídias sociais com seu espaço voltado ao profissional online, vai demitir 36 funcionários, como parte de uma reestruturação interna.

A Nokia também entra na dança e vai demitir cerca de 600 funcionários.

Todos esses cortes para essas empresas significam redução em custos, gastos, orçamentos e muito mais. Quem sofre com isso é o funcionário, claro. No meio dessa lambança que está o mercado mundial, sai ganhando quem está estável e está conseguindo se manter.

ITIL e seus retornos

novembro 7, 2008

Não é novidade para ninguém que tudo que é investido por alguma pessoa ou instituição, é esperado um retorno, algo que comprove que aquilo de fato traga benefícios: sejam financeiros, pessoais, prestígios…

O futuro de qualquer empresa depende de investimentos, as vezes arriscados, pois por mais previsões que existam ainda sim fica difícil saber o real retorno/benefício que aquilo pode trazer. Para isso, é necessário utilizar práticas reais, consistentes, ao invés de se aventurar por caminhos que poderão trazer muito mais dores de cabeça.

Este artigo da TI Inside exemplifica em números o ROI que o ITIL pode trazer.

Atualmente onde trabalho, em um Centro de Operações, temos dois certificados ITIL Foundations, e esperamos ter todos os 10 operadores certificados até o fim do ano… imaginem a confiança que iremos passar a qualquer cliente, sabendo que temos processos e procedimentos definidos, definições claras de papéis.

Uma implantação ITIL leva tempo. Implantar um sistema de gerenciamento de incidentes por exemplo pode levar mais de 6 meses pelo menos, e isso é a premissa básica para começar com o gerenciamento de serviços de TI, existe ainda toda uma gama de serviços a ser gerenciado, e uma implantação completa leva anos. Mas mais importante que toda a implementação, é seu retorno! A empresa deve ter em mente a clara visão de onde quer chegar, de como fazer e o que fazer para chegar em seus objetivos. O ITIL pode ajudar a fazer tudo isso.

Mas a ferramenta em si não faz milagres. Um tolo com uma ferramenta continua sendo um tolo. É preciso capacitar todos profissionais a entender o real objetivo do ITIL (que é um retorno a longo prazo), para todos trabalhem juntos, e tenham o apoio da alta gerência para todas as mudanças necessárias.

E você, sabe o que é ITIL e os benefícios que pode trazer?

Empregos na área de TI hoje em dia não faltam. Quem disser isso está mentindo, pois está cheio de vagas sobrando, o que faltam são profissionais capacitados e especializados.

Existem diversos sites pela net especializados em manter currículos online e anunciar vagas de trabalho na nossa área, como por exemplo o APInfo, InfoJobs, e também o internacional (e recente em terras tupiniquins) Monster.

É uma enchurrada de vagas. Mas quanto mais as vejo, mais penso: preciso me especializar!

Focar em um tema, decidir o que eu quero realmente fazer! Não basta saber de tudo um pouco, o que empresas procuram (e o que realmente da dinheiro) é especialização. E uma forma de mostrar para as empresas que você sabe da coisa é certificando-se!

Além de todo esse discurso que sempre da muito pano pra manga, existe também um conceito que vem se mostrando cada vez mais forte dentro das empresas de carreira. O conceito de que você entra dentro de uma empresa em uma posição e morrerá nela do mesmo jeito que começou está acabando, pois não é mais isso que elas querem: cada vez mais empresas procurar profissionais dinâmicos, capazes de superar limites e sempre crescer, seja dentro da empresa ou em outra.

Mas afinal, o que um tema tem a ver com o outro, sites de trabalho e empresas de carreira? É simples: você precisa conseguir entrar na empresa primeiro! E uma das formas de se conseguir isso é “se anunciar”, divulgar seu trabalho, mostrar que você tem capacidade e potencial. E uma vez dentro da empresa, o céu é o limite. Você escreve o seu rumo; claro que dentro dos limites da empresa.

Passar pela porta da frente talvez seja o mais difícil hoje em dia, já que esse conceito de carreira está dominando cada vez mais o mercado. Empresas buscam cada vez mais os profissionais que precisam dentro da própria empresa! Afinal, qual o sentido de preparar todo seus profissionais e não aproveitá-los?

Ao invés de sair a caça procurando jovens talentos, é mais fácil fazer uma seleção interna que muitas vezes pode mostrar profissionais que não estão bem em um setor, mas que seriam ótimos profissionais em uma nova área, e isso faz com que a empresa poupe dinheiro, tempo e muitos outros encargos.

Com essa nova realidade, fica a cargo do profissional se preparar cada vez mais para seu futuro, pois só depende dele o que ele quer fazer da vida. Uma vez dentro da empresa, ele pode conseguir (quase) tudo!

Confesso que só comecei a ouvir sobre gerenciameno de serviços de TI este ano, por volta de março mais ou menos. A curiosidade foi tão grande que comprei este livro para tentar entender melhor esse universo bem complexo.

Bom.. não adiantou muito.

Lia lia mas não entrava nada na minha cabeça. Foi no meu atual emprego que consegui ter uma visão do que significa a ITIL, após um curso interno dentro da empresa com meu chefe, que diga-se de passagem, é ITIL Manager.

Passaram-se quase 4 meses de enrolação, estudos e preparação. Embora seja uma prova superficial sobre o universo ITIL, é uma certificação que vale muito na carreira do profissional, e além de tudo, tem seu custo!

Mas felizmente todo esforço valeu a pena ontem. Logo após terminar a prova ja tive o resultado: 85% de acerto, onde o mínimo é 65% da prova de 40 questões. Me espantei e muito com o resultado pra ser sincero!

Mas após uma jornada como essa, vem a pergunta… e agora?

A certificação conta muito sim no mercado de TI, mas não é tudo. Esconder-se atrás de um pedaço de papel é fácil, mas o que conta é a prática, pois haverá horas em que não terá ninguém pra gritar por socorro, e tudo que você poderá contar, é com seu conhecimento!

Ainda não decidi qual o próximo passo, mas definitivamente não é ficar parado. Estagnação arruina a carreira de qualquer pessoa. Com a cabeça mais tranquila agora após por esse teste, pensarei com cuidado sobre o passo seguinte.

A minha opinião é: certifiquem-se! Especializem-se em um assunto, pois mercado não falta, falta profissional com habilidade e experiência. O meu primeiro passo foi dado, agora é visar o próximo, e o próximo e quando menos perceber, ja terei corrido a vida toda, ai quem sabe penso em sussegar.